Chegou o dia de partir

Era para ficar até ao final do mês mas, o aniversário e os meus primos que vieram do estrangeiro e que ainda não os vi, fizeram com que arrumasse tudo à pressa e vá hoje. Tive a companhia dos meus amigos em todas as refeições, arranjando sempre receitas de modo a acabar com conservas e congelados.
O carro já está carregado e já só falta tomar um banho, levar o lixo e entregar as chaves à senhoria. Antes de rumar ao norte ainda vou a uma reunião do grupo de teatro, onde se vai debater o futuro do mesmo e aproveito para me despedir de todos. A duas amigas será até daqui a uma semana, aos restantes até Setembro, Outubro ou até um outro dia.. Tenho o futuro incerto, por isso haverá muitos abraços apertados e lágrimas na mesma.

A ti, detestei-te por tudo o que durante este ano me roubaste, coisas que nunca mais recuperarei, mas agora até estava a conseguir conviver contigo e até me deste várias alegrias. Voltaremos a encontrar-nos Faro!



Vou triste.

5 comentários:

Sara Levy disse...

Força*

Sílvia Maria disse...

Um abraço apertado...

Isabel disse...

Oh... Agora que tinha descoberto um vizinho...
Boa viagem!

Inês disse...

No fundo de uma forma ou de outra,o futuro é sempre algo incerto, o importante é seguir em frente, com um enorme sorriso nos lábios, e mais importante ainda com um grande sorriso na alma. Boa sorte beijinhos

Bid disse...

Sara: Obrigado pela palavra de apoio*

Sílvia: Já conheces as minhas necessidades =)

Isabel: Realmente... ias-me convidar pra tomar um chá? =P Obrigado, correu bem.

Inês: O futuro é sempre incerto, mas costumamos fazer planos com as constantes que nos dá. Neste momento não tenho nada ainda mas seguirei em frente claro =) Obrigado e um beijo